DESTAQUEFutsal

Seleção Nacional de futsal recebida em festa na chegada a Portugal após conquista do Mundial Lituânia 2021

0 Shares

A Seleção de Portugal de futsal chegou a território nacional e foi recebida em festa. Os jogadores da seleção de futsal aproximaram-se dos adeptos junto à porta VIP do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Depois disso, a equipa das quinas seguiu até à Cidade do Futebol, onde Ricardinho depositou o troféu de Campeões do Mundo, após o triunfo diante da Argentina.

Dez jogadores da seleção nacional de futsal rechearam ainda mais o palmarés da carreira ao juntarem o título mundial de seleções, em 2021, ao título europeu alcançado em 2018.

Bebé, André Sousa, Vítor Hugo, João Matos, Bruno Coelho, Ricardinho, Fábio Cecílio, André Coelho, Pany Varela e Tiago Brito estiveram na conquista do Campeonato da Europa de há três anos, ganho na final contra a Espanha, tendo agora estado na equipa que chegou ao título mundial conseguido na Lituânia, em 2021, ante a Argentina.

Com o título mundial de seleções, Bebé, Pany Varela, Ricardinho e João Matos entram para o lote restrito de jogadores portugueses que, além de campeões do Mundo e da Europa por Portugal, têm também títulos europeus de clubes.

Ricardinho tem três títulos europeus de clubes (Benfica em 2010, Inter Movistar em 2017 e 2018), tal como Pany Varela (Benfica em 2010, Sporting em 2019 e 2021). Já João Matos venceu a Liga dos Campeões de clubes por duas vezes (Sporting em 2019 e 2021) e Bebé foi campeão europeu pelo Benfica em 2010.

Em mais um ano dourado para o futsal português, outros quatro jogadores festejaram em grande a nível internacional por duas vezes. Erick Mendonça, Pauleta, Tomás Paçó e Zicky Té, todos campeões europeus pelo Sporting em 2021, tornaram-se agora campeões mundiais de seleções. A estes quatro nomes, só falta mesmo a conquista de um Europeu por Portugal, para se juntarem ao restrito lote antes referido. Erick é, destes quatro, o que tem já duas Champions pelo Sporting: também esteve na de 2019.

De notar que, da convocatória do Europeu de 2018 para o Mundial 2021, caíram os campeões europeus Pedro Cary, Nilson Miguel, Márcio Moreira e Tunha, todos ainda em atividade. Entraram Tomás Paçó, Afonso Jesus, Erick Mendonça, Miguel Ângelo, Zicky Té e Pauleta.

Escrito por: José Carlos Leal

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo