Antigo diretor do futsal do Benfica condenado a 11 anos de prisão

O antigo diretor do futsal do Benfica, Luís Moreira, foi condenado a 11 anos de prisão efetiva por burla qualificada e falsificação de documentos.

Segundo o acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa  foi ainda obrigado a pagar mais de 5 milhões de euros em indemnizações.

O ex-diretor das “águias” esteve nove anos fugido à justiça até ser detido no verão do ano passado, em Marinhais, no concelho de Salvaterra de Magos, onde vivia clandestino.

Em 2010, foi preso no Brasil com uma identidade falsa, mas sete meses depois evadiu-se da cadeia com a ajuda de terceiros, evitando a extradição para Portugal.

Partilhar