Pinto da Costa assume que se Rui Moreira fosse candidato não avançava com recandidatura 

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, deu a conhecer que não teria avançado com a recandidatura à presidência do FC Porto caso Rui Moreira se tivesse candidatado ao cargo.

“Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora ele me tenha dito que não o faria, e que eu devia continuar neste período difícil, merecia o meu apoio e eu não avançava, não me teria candidatado. O passado e presente e o amor que tem à cidade e ao FC Porto falam por si”, disse Pinto da Costa, em entrevista ao Jornal de Notícias.

“O António Oliveira é um deles, como o Vítor Baía, o André Villas-Boas ou o Rui Moreira. Qualquer um deles, se se candidatasse, seria prestigiante para o clube. Com eles estava tranquilo, não me candidatava, mas se o fizesse sentia-me prestigiado em concorrer com pessoas que têm um passado no FC Porto. António Oliveira tem todo o direito de ser crítico”, assumiu.

O líder do FC Porto confirmou ainda que está “em negociações para vender o naming do estádio” e quanto a Sérgio Conceição “será o treinador” enquanto estiver no poder.

Partilhar