Juventus equaciona venda de Ronaldo devido à crise provocada pelo Covid’19

A Juventus poderá estar disponível para abdicar de Cristiano Ronaldo caso algum clube ofereça 70 milhões de euros pelo capitão da Seleção Nacional.

Não por algum tipo de problema, não por algum tipo de frustração, mas porque a crise que o mundo atravessa e que terá na indústria de futebol um dos reflexos mais diretos irá comportar problemas de liquidez e tesouraria que só a médio prazo conseguirão ser resolvidos.

A Juventus viu as suas ações subirem esta segunda-feira 8% na Bolsa de Milão, que voltou por sua vez a cair quase 2% esta terça-feira.

No atual contexto que o mundo vive, em que se somam dúvidas, em que se diminuem ambições a médio prazo e e em que se vão dividindo incertezas a vários níveis, qualquer qualquer ação provoca uma multiplicação de reações. No entanto, e em alguns casos, cortar na massa salarial pode não chegar. E os bianconeri poderão ter esse problema.

Partilhar