Clubes europeus perdem cerca de um terço do valor dos plantéis

A pandemia da Covid-19, que levou à interrupção da maioria dos campeonatos de futebol, provocou a perda de cerca de um terço no valor dos plantéis das cinco principais ligas europeias, segundo o Observatório do Futebol (CIES).

O estudo realizado pelo CIES incide nos campeonatos de Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França, indicando que o valor de transferência dos jogadores cairá perto de 28%, de 32,7 para 23,4 mil milhões de euros (ME), se não se disputarem jogos ou não existirem renovações até ao final de junho.

De acordo com CIES, a maior perda percentual é estimada para o Marselha, treinado pelo português André Villas-Boas, com uma queda de 38% (de cerca de 97 ME), e a menor seria do Brest, com menos 16% do valor antes da pandemia.

Os ‘gigantes’ FC Barcelona e Real Madrid têm perdas estimadas na ordem dos 366 ME (-31,3%) e 350 ME (-31,8%), respetivamente, e o Paris Saint-Germain de 302 ME (-31,4%).

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 697 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 33.200.

Dos casos de infeção, pelo menos 137.900 são considerados curados. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Partilhar