Bruno Fernandes e a época 2018/19 no Sporting

FUTEBOL - Bruno Fernandes jogador do Sporting durante o jogo Sporting-PSV da 5º jornada do grupo D a contar para a Liga Europa, no Estádio José Alvalade em Lisboa. Quinta feira 28 de novembro 2019. (SÉRGIO MIGUEL SANTOS/ASF)

Bruno Fernandes deixou o Sporting com duas taças da Liga e uma Taça de Portugal conquistadas em duas épocas e meia.

Apesar dos três troféus, o médio internacional português, que reforçou o Manchester United no mercado de inverno, sente que o clube leonino ficou aquém daquilo que poderia ter atingido.

“Souberam a pouco. Acho que o Sporting tinha qualidade para fazer mais, independentemente do contexto. Não é fácil e toda a gente sabe o que aconteceu. É difícil para alguns jogadores gerirem esse contexto, para outros é mais fácil”, disse em entrevista ao Canal 11, numa clara alusão ao episódio do ataque à academia de Alcochete em maio de 2018.

Bruno Fernandes colocou a conquista da Taça de Portugal, em 2019, no patamar mais elevado das emoções ao serviço do Sporting.

“Foi a maior felicidade que tive», frisou, lembrando que no ano anterior a equipa foi derrotada no Jamor pelo Desp. Aves, no jogo realizado poucos dias após dos acontecimentos em Alcochete. «Foi uma conquista que guardo com grande carinho, porque nós, jogadores, fizemos por merecer aquilo.”

O internacional português falou sobre a época que terminou com dois títulos, na qual houve mudanças de direção e de treinadores.

“Foi o ano em que nós sabemos que psicologicamente e a nível de ambiente ia ser tudo mais difícil, e que se esperava desunião, mas no final de contas foi o ano em que tivemos mais união”, rematou.

Partilhar