Federação espanhola de Atletismo pede adiamento dos Jogos Olímpicos

A Real Federação Espanhola de Atletismo (RFEA) pediu o adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por considerar que “não existem condições mínimas adequadas de preparação para o grande evento”, devido à pandemia de covid-19.

Esta tomada de posição vai de encontro aos pedidos já conhecidos por parte dos comités olímpicos de Noruega, Brasil, Espanha e Estados Unidos, e do paralímpico norte-americano, bem como das federações norte-americana de atletismo e natação, todos favoráveis ao adiamento dos Jogos Olímpicos, apesar do governo japonês e do COI manterem a intenção de organizar os Jogos nas datas previstas, entre 24 de julho e 9 de agosto.

A RFEA frisa que a «principal e mais alta prioridade» do organismo passa por «proteger a saúde e segurança dos seus atletas».

“O objetivo de todos eles, e também da RFEA, é que possam competir nas melhores condições possíveis, mas em nenhum caso comprometer ou arriscar a saúde e o bem-estar”, pode ler-se no comunicado.

A presidente do conselho superior de desportos de Espanha aplaudiu e corroborou a decisão da RFEA em solicitar o adiamento do Jogos Olímpicos Tóquio2020.

“Decisão corajosa de Raúl Chapado e da RFEA na busca de proteger, acima de tudo, a saúde dos nossos atletas”, escreveu Irene Lozano no Twitter.

Partilhar