Adeptos do Bayern insultam líder do Hoffenheim e jogadores boicotam jogo

O Bayern Munique goleou por 6-0 na visita ao Hoffenheim e o resultado largo até podia ser o principal destaca mas não foi isso que aconteceu.

Após uma primeira pausa momentânea, aos 66 minutos surgiram tarjas no sector do estádio onde se encontravam os adeptos do Bayern com insultos e protestos dirigidos ao proprietário do Hoffenheim. “Dietmar Hopp continua a ser um filho da p…”, leu-se numa dessas mensagens.

O árbitro decidiu interromper a partida e foram próprios atletas e elementos do staff do Bayern Munique a dirigirem-se à bancada para pedir satisfações aos seus adeptos.

Os jogadores das duas equipas acabaram por recolher ao túnel dos balneários e o jogo seria reatado mais de dez minutos depois, mas não mais se viu futebol. Isto porque os craques se limitaram a deixar o relógio correr até ao apito final do árbitro enquanto trocaram a bola entre si (mesmo entre jogadores das duas equipas) e retribuiram as ovações enviadas das bancadas.

Também na receção do Dortmund ao Friburgo o presidente do Hoffenheim foi alvo de insultos dos adeptos da casa, facto que levou o árbitro da partida a ameaçar suspender a partida. O jogo esteve mesmo interrompido durante breves instantes e o speaker do estádio teve de pedir aos adeptos para pararem com os cânticos de forma a que a partida pudesse prosseguir.

Partilhar