Augusto Inácio deixa Avaí

Augusto Inácio foi despedido do Avaí, após derrota na quinta-feira frente à Ferroviária por 2-0, não chegando a estar dois meses no clube de futebol de Santa Catarina. O anúncio foi feito esta sexta-feira através de um comunicado.

“O Avaí FC comunica que Augusto Inácio não é mais técnico do clube. Agradecemos pelos serviços prestados por ele e seus assistentes. O clube deseja sucesso em seus próximos desafios”, pode ler-se.

A decisão da direção do clube do segundo escalão foi hoje dada a conhecer a Augusto Inácio numa reunião convocada esta tarde para o efeito, decorrendo agora negociações entre o clube e o treinador luso para acertar os termos da rescisão do contrato que tinha a duração de um ano.

Augusto Inácio dirigiu a equipa em sete jogos, tendo somado duas vitórias, um empate e quatro derrotas, duas delas no campeonato estadual de Santa Catarina, uma para a Supertaça Catarinense e a última para a Taça do Brasil, que determinou o despedimento, sendo as duas vitórias e o empate restantes registados no campeonato.

O treinador português foi apresentado a 19 de dezembro, mas começou a orientar a equipa do Avaí a 07 de janeiro, quando se iniciou o estágio de pré-época, que decorreu durante cinco semanas, durante as quais a equipa realizou sete jogos.

O Avaí encontra-se em sexto lugar do campeonato estadual de Santa Catarina, a três pontos dos três primeiros, entre os quais o líder e rival Figueirense.

A Ferroviária, que impôs a quarta derrota ao Avaí desde o início da época, a contar para a primeira eliminatória da Taça do Brasil, compete no quarto escalão do futebol brasileiro.

Partilhar