Mourinho leva a melhor sobre Espírito Santo

O Tottenham, de José Mourinho, venceu, este domingo, na visita ao Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, por 2-1.

Os “Spurs” colocaram-se em vantagem logo ao minuto 8, com um belo pontapé de Lucas Moura, que entrou na área pela direita e bateu Rui Patrício em força.

Com Rúben Neves, João Moutinho e Diogo Jota também no onze, o Wolverhampton respondeu à altura e conseguiu depois algum ascendente. O ex-benfiquista Raúl Jiménez teve duas boas ocasiões para marcar, mas falhou o alvo.

O Tottenham voltou a criar perigo por intermédio do ex-sportinguista Eric Dier, que atirou ao poste ao minuto 37, servido primorosamente por Delle Alli.

Jiménez voltou a criar perigo logo após o reatamento (49m), mas Gazzaniga defendeu.

O Tottenham nunca perdeu o sentido de baliza, verdade seja dita, e Dele Alli ficou a centímetros do golo ao minuto 58, com um remate em arco.

Mas ao minuto 67 o Wolverhampton conseguiu mesmo chegar à igualdade. Adama Traoré, que foi sempre uma dor de cabeça para os adversários, recebeu a bola à entrada da área e disparou um «míssil» para a baliza de Gazzaniga.

O guarda-redes do Tottenham evitou mais tarde que Saiss desse vantagem à equipa da casa, com um desvio de cabeça a livre de Moutinho (84m), e já em período de descontos acabaria por ser o Tottenham a garantir o triunfo.

Partilhar