Jesus “atira” com mais um treinador para o desemprego

Não há três sem quatro. Mano Menezes é o quarto treinador a ser despedido depois de perder contra Jorge Jesus no campeonato brasileiro.

O Flamengo derrotou o Palmeiras por 3-1, bateu o recorde de pontos no Brasileirão e mais um técnico foi demitido poucos minutos após o final da partida.

Mano Menezes até foi ao balneário felicitar Jorge Jesus pelas conquistas do campeonato e da Taça Libertadores, mas não resistiu à derrota e à descida na classificação (é agora terceiro, a três pontos do Santos e a 19 pontos do Mengão).

A primeira chicotada psicológica causada por JJ foi precisamente no Palmeiras: Luiz Felipe Scolari foi demitido depois de ter perdido 3-0 na primeira volta.

Depois, também Fabio Carrille (Corinthians) e Adilson Batista (Ceará) foram despedidos.

Partilhar