Fábio Silva renova pelo FC Porto e fica com cláusula de 125 milhões

Fábio Silva renovou contrato com o FC Porto e fica com cláusula de rescisão recorde de 125 milhões de euros, a mais alta de um futebolista a jogar em Portugal. O FC Porto aumenta o salário do ponta de lança, de 17 anos, mas é obrigado a manter a duração do acordo até 2022.

Só em julho, quando completar 18 anos, é que Fábio Silva pode assinar um contrato com validade mais extensa. Os regulamentos da FIFA não permitem que um menor assina por mais de três épocas.

A notícia foi anunciada por Pinto da Costa na gala dos Dragões de Ouro, que reconhece os que se distinguiram no ano em curso. Fábio Silva é o “Atleta Revelação 2019”.

Durante o discurso, Pinto da Costa referiu que “antes de receber o Dragão de Ouro, [Fábio Silva] fez questão de renovar o seu contrato com o FC Porto”.

“O jovem revelação do ano, o Fábio Silva, é um menino que aos 16 anos já vencia um título europeu, já era campeão nacional, já sabia o que era a glória no FC Porto. E com 17 anos passou a ser o mais jovem marcador de golos em jogos oficiais do FC Porto. Com 17 anos apenas. Não foi o primeiro a marcar com 17 anos, foi o quinto, mas de todos os que marcaram com 17 anos ele foi o mais novo. Por isso, é mais um recorde na vida deste atleta, que mesmo jovem, sente o FC Porto e que fez questão que antes de receber o galardão que hoje recebeu, junto de mim, renovar o seu contrato e prolongar o seu contrato com o FC Porto”, referiu.

Nesta época, o jovem dragão soma dez jogos e dois golos marcados no plantel principal do FC Porto.

Partilhar