Citroen deixa Mundial de Ralis após saída de Ogier

Citroën Total World Rally Team drivers have been preparing for the 2019 World Rally Championship in the snowy mountains of Monaco. Champion Sébastien Ogier and teammate Esapekka Lappi hit the road behind the wheel of the C3 WRC ahead of the first race of the season, to be held in Monte Carlo on January 24-27. // Sébastien Ogier is seen testing the Citroën C3 WRC in Monte Carlo, Monaco on January 15, 2019, ahead of the World Rally Championship 2019 season // Aurelien Vialatte / Red Bull Content Pool

A Citroen Racing anunciou, esta quarta-feira, que não vai participar no Mundial de Ralis (WRC) em 2020, devido à saída do francês Sébastien Ogier da equipa.

Nas redes sociais, a equipa francesa explicou que decisão foi “consequente à saída de Ogier da Citroen” depois de 2019 e motivada pela “ausência de um piloto de primeira categoria para a temporada de 2020”.

Ainda não se sabe qual será o destino de Ogier, após a saída da Citroen. De acordo com o portal “motorsport”, o seis vezes campeão do mundo vai acompanhar o britânico Elfyn Evans na mudança para a Toyota.

Quem fica de mãos a abanar é o finlandês Esapekka Lappi, que era companheiro de equipa de Ogier na Citroen.

Partilhar