OPA dispara ações da SAD do Benfica em 70%

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, à chegada para a reunião do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, com os presidentes das Sociedades Desportivas, para debater um novo modelo de organização, para o organismo de futebol, que foi pedido pelo movimento de clubes G15, no Convento de S. Francisco, em Coimbra, 7 de março de 2018. PAULO NOVAIS/LUSA

As ações da SAD do Benfica estão a subir cerca de 70%, para mais de 4,5 euros, esta terça-feira. A subida está relacionada com a oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo clube, na véspera, sobre o equivalente a mais 28,06%, com o intuito de passar a deter 90% da sociedade anónima.

De acordo com o anúncio preliminar de lançamento de OPA, divulgado em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o preço da oferta é de 5 euros. Oferta que corresponde a um prémio de 81,15% face ao encerramento da sessão de segunda-feira (2,76 euros).

Esta subida de 70%, no valor das ações, aproxima-as do valor que o clube oferece por cada uma. O Benfica está disposto a despender 32,277 milhões de euros para chegar aos 91,7% de presença na SAD.

Partilhar