Hamilton perto do sexto título mundial de Fórmula 1

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, precisa apenas de conquistar quatro pontos no Grande Prémio dos Estados Unidos, no domingo, para garantir o sexto título mundial de Fórmula 1.

O piloto da Mercedes chega a Austin, no Texas, onde se disputa a 19.ª e antepenúltima prova da temporada com 74 pontos de avanço para o finlandês Valtteri Bottas, quando ainda estão 78 pontos em jogo. Hamilton poderia já ter celebrado no México, prova que venceu, mas o resultado do colega de equipa não permitiu matematicamente chegar ao título.

Por isso, no caso de Bottas vencer a corrida e marcar a melhor volta da corrida, ao britânico basta terminar em oitavo lugar. Mesmo que não termine mais nenhuma corrida e o finlandês as vença todas, ficariam empatados em pontos e, nesse caso, Hamilton levaria a melhor por ter mais vitórias esta época, com 11.

Se fizer qualquer resultado acima desse ou se Valtteri Bottas não vencer, o piloto britânico é automaticamente campeão.

Com este sexto título, Lewis Hamilton descola do argentino Juan Manuel Fangio (1951, 1954, 1955, 1956 e 1957) e fica a apenas um do recorde, detido pelo alemão Michael Schumacher, que ao longo da sua carreira conquistou sete (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004).

Com 83 triunfos em corridas, Hamilton está, também, a oito das 91 de Schumacher.

Partilhar