Miguel Oliveira em queda aparatosa no Japão

O piloto português Miguel Oliveira sofreu mais uma queda, esta sexta-feira, durante a segunda sessão de treinos livres do Grande Prémio do Japão de MotoGP.

O luso da KTM-Tech3 foi o 18º mais rápido da segunda sessão, mas não conseguiu fazer a 12ª curva do circuito, tendo caído de forma aparatosa na gravilha.

Apesar da queda, Miguel não terá ficado com qualquer mazela física significativa e poderá estar na pista, no sábado, na terceira sessão de treinos livres e na qualificação.

“Estava a sentir-me bastante bem com a mota, a ganhar confiança, senti alguma limitação nesta pista com o meu ombro. É muito exigente nas paragens para o lado direito. Já sabia que iria ser complicado, mas as condições climatéricas apontarem para chuva amanhã, quisemos testar um pneu médio à frente. Não ganhou temperatura suficiente e caí logo na volta de saída. Um pequeno detalhe com uma grande consequência”, disse o português.

Partilhar