Pinto da Costa “Não me surpreendeu” decisão de não levar Benfica a julgamento

PORTUGAL REUNIÃO LPFP

O presidente do FC Porto não ficou surpreendido com a decisão de não levar o Benfica a julgamento no processo “E-Toupeira”

“Não me admirou nada”, disse Jorge Nuno Pinto da Costa aos jornalistas. “Só fiquei chocado em ouvir na rádio o juiz que se defendeu da sua decisão, aturando a responsabilidade para a PJ”.

O líder dos dragões disse-se entristecido por ter ouvido que o juiz justificou a sua decisão atribuindo as culpas à Polícia Judiciária.

“Acho lamentável, se há entidade que merece todo o respeito e tem história e trabalho exemplar é a PJ. Se foi para atirar a responsabilidade para cima da PJ é realmente lamentável”, referiu.

Pinto da Costa falou à margem da apresentação de um livro de homenagem a António Francisco dos Santos, antigo Bispo do Porto, no Palácio da Bolsa, no Porto.

Partilhar