João Sousa sobe 13 lugares no “ranking” mundial

João Sousa escalou 13 lugares e aparece na 56.ª posição do “ranking” ATP, na atualização desta segunda-feira.

O melhor tenista português igualou a sua melhor participação num torneio de Grand Slam, ao chegar aos oitavos de final em Wimbledon. Ainda assim, João Sousa continua a meio caminho da melhor classificação da carreira, o 28.º lugar que alcançou a 16 de maio de 2016.

De resto, foi uma má atualização para os tenistas nacionais. O número dois, Pedro Sousa, desceu dois lugares, para a 109.ª posição. João Domingues também caiu dois degraus, para 172.º. A queda de Gonçalo Oliveira foi maior: cinco degraus mais tarde, é 262.º do mundo. Frederico silva mantém-se no 296.º posto. Gastão Elias, o último tenista português no “top-500”, caiu cinco lugares, para 345.º.

Quanto aos lugares cimeiros, Novak Djokovic, que renovou a coroa em Wimbledon, cimentou o primeiro lugar, com cerca de 4.500 pontos de vantagem sobre o número dois mundial, Rafael Nadal. A posição do espanhol não está tão segura: tem o suíço Roger Federer, finalista vencido no All England Club, “à perna”, com diferença de menos de 500 pontos.

Não obstante, não há mudanças no “top-5” da hierarquia mundial. Nota, contudo, para o russo Daniil Medvedev, que escalou três degraus e chegou à melhor classificação da carreira, o 10.º lugar. O compatriota Karen Khachanov subiu uma posição, para oitavo, tal como o italiano Fabio Fognini, para nono. O sacrificado foi o sul-africano Kevin Anderson, que caiu do “top-10”, ao passar de oitavo para 11.º.

Partilhar