Briseño no Chivas

O jogador do CD Feirense Briseno (D) festeja após marcar o segundo golo contra o SC Braga, durante o jogo da Primeira Liga de Futebol, disputado no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, 07 de abril de 2018. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Tomás Boy, treinador do Chivas Guadalajara, admite que não ainda não está fechada a contratação do defesa-central Antonio Briseño, do Feirense.

“É importante que as circunstâncias ajudem. Que os planetas se alinhem para tudo correr bem. A direção está a trabalhar forte para conseguir. Não se pode dizer nada por agora”, disse, citado pelo jornal “Marca”.

Briseño, de 25 anos, disputou duas temporadas no Feirense, e tem ainda mais um ano de contrato com o clube que desceu à II Liga. Esta temporada, foi o único defesa-central totalista na I Liga. No total, somou 59 jogos com o clube fogaceiro, e apontou cinco golos.

O técnico da equipa mexicano reconhece que ainda precisa de dois reforços antes do início do campeonato – um deles Briseño -, e não esconde as dificuldades para fechar os negócios. “Estava contemplada essa possibilidade. As coisas não são imediatadas”, disse.

Partilhar