Luís Castro oficialmente no Shakhtar Donetsk

O Shakhtar Donetsk confirmou, esta quarta-feira, a contratação de Luís Castro, para ser o treinador para as próximas duas temporadas.

Foi no site oficial que o clube ucraniano deu as boas-vindas ao treinador português, de 57 anos, proveniente do Vitória de Guimarães. Luís Castro sucede ao compatriota Paulo Fonseca, que rumou à AS Roma.

No site oficial, a propósito da oficialização da saída de Luís Castro, o Vitória de Guimarães agradeceu ao treinador a “enorme lealdade”, assim como “todo o empenho e profissionalismo” demonstrados, e desejou-lhe “as maiores felicidades pessoais e profissionais para o futuro”.

Luís Castro começou a carreira como treinador no Águeda, tendo passado, mais tarde, por Mealhada, Estarreja, Sanjoanense e Penafiel. Entre 2006 e 2013, foi coordenador de formação do FC Porto, tendo passado, na época 2013/14, para a equipa B. Nessa temporada, foi treinador interino dos dragões, antes de regressar à equipa secundária.

A meio de 2016/17, Luís Castro rumou ao Rio Ave, tendo levado a equipa vilacondense ao sétimo lugar do campeonato, antes de seguir para o Desportivo de Chaves, na época seguinte, que conduziu à sexta posição.

O bom trabalho no Chaves valeu a Luís Castro a mudança para o Vitória de Guimarães, com que obteve o quinto lugar do campeonato. Teve a oportunidade de sair a meio da época, para o Reading, da II Liga inglesa, mas preferiu terminar a época no Berço. Agora, é o escolhido para assumir o comando do Shakhtar, uma equipa com presença assídua na Liga dos Campeões e que, com Paulo Fonseca, foi tricampeã ucraniana.

A herança que Fonseca deixa ao compatriota Luís Castro é de vulto: sete títulos em três temporadas. Além dos três campeonatos, o agora treinador da Roma conquistou três Taças da Ucrânia e uma Supertaça.

Partilhar