Gabigol queria o Sporting mas foi parar ao Benfica

Benfica's Gabriel in action against CSKA Moscow's Vitinho (L) during the UEFA Champions League group A soccer match at Luz Stadium, in Lisbon, Portugal, 12 September 2017. MARIO CRUZ/LUSA

Gabriel Barbosa, mais conhecido por “Gabigol”, foi emprestado pelo Inter de Milão ao Benfica, na temporada passada, mas esse não era o destino que o avançado brasileiro tinha, originalmente, em mente.

Episódio caricato contado, esta segunda-feira, em conferência de imprensa, por Jorge Jesus, que na altura treinava o Sporting.

“O Gabigol estava no Inter de Milão, que tinha contratado um jogador ao Sporting por 45 milhões, João Mário. Eles [Gabigol e João Mário] eram muito amigos e falavam muito um com o outro. O Gabigol, um dia, falou com o João Mário, a dizer que queria ir para Portugal e que gostava de ir para o Sporting, se podíamos falar. Eu falei com ele para ele vir para o Sporting, mas ele depois foi para o Benfica”, revelou Jesus, entre risos.

Gabigol teve uma passagem pelo Benfica para esquecer, com um golo em cinco jogos, ao longo do empréstimo de meia época. O Inter emprestou-o, depois, ao Santos e o avançado, de 22 anos, não defraudou: 27 golos em 52 jogos. Em 2019, pelo Fluminense, em que vai, finalmente, ser orientado por Jorge Jesus, leva 13 “tentos” em 25 partidas.

O treinador português foi apresentado como novo treinador do Flamengo.

Partilhar