Paços de Ferreira quer Vítor Oliveira na Primeira Liga

Paulo Meneses, presidente do Paços de Ferreira, quer manter o treinador Vítor Oliveira na próxima temporada, que marca o regresso do clube à I Liga.

O responsável máximo do emblema pacense diz que está em aberto a possibilidade da continuidade do conceituado treinador.

A fila de espera para a contratação de Vítor Oliveira é longa, e Paulo Meneses garante que o treinador partilha com ele todos os convites que tem em cima da mesa.

Feirense, Penafiel, Estoril, Chaves, Farense, Académica e Leixões são alguns dos clubes que têm sido associados ao técnico português, que conta com 11 subidas de divisão na carreira. Na última década, promoveu ao principal escalão o Moreirense, União da Madeira, Chaves, Portimonense e, esta temporada, o Paços de Ferreira.

Quer o futuro seja continuar, ou sair, Paulo Meneses garante que a situação com o Paços de Ferreira ficará definida em breve.

Vítor Oliveira não tem por hábito orientar a I Liga, mas continuou no comando técnico do Portimonense na última temporada, após a conquista da II Liga com o emblema algarvio em 2016/17. Para a próxima temporada, Paulo Meneses aponta para a manutenção como o principal e único objetivo.

Paulo Meneses, à frente do clube desde 2015, reeleito em 2017 e em final de mandato, não esconde que pondera recandidatar-se, mas garante que não é uma decisão tomada.

O Paços de Ferreira foi despromovido à II Liga no final da temporada passada. Esta época, com Vítor Oliveira, carimbou o regresso ao principal escalão a quatro jornadas do fim, e luta pelo título de campeão com o Famalicão, atualmente quatro pontos atrás do clube pacense.

Partilhar