Rúben Neves admite maior pressão para revalidar o título no Europeu 2020

Portugal's player Ruben Neves attends to a press conference ahead of the upcoming League of Nations matches against Italy and Poland, at Cidade do Futebol in Oeiras, outskirts of Lisbon, Portugal, 13 November 2018. Portugal's face Italy on Group 3 Nations League match next Saturday 16th November. JOSE SENA GOULAO/LUSA

Rúben Neves, médio da seleção portuguesa, admite que há uma maior pressão no arranque da qualificação para o Europeu 2020, sendo Portugal o atual detentor do troféu. Em conferência de imprensa, o jovem médio do Wolverhampton fala sobre as aspirações portuguesas em revalidar o título.

Rúben Neves, médio da seleção portuguesa, elogia a qualidade dos três estreantes na convocatória de Fernando Santos – Dyego Sousa, Diogo Jota e João Félix -, e explicou a “praxe” de integração feita com os “novatos” da seleção.

“São três excelentes jogadores e que vieram ajudar o grupo. Já estão integrados completamente no grupo, até recebemos uma serenata dos três ontem. Somos um excelente grupo e é muito fácil integrarem-se”.

Neves é colega de equipa de Diogo Jota no Wolverhampton, e explica como é que o avançado recebeu a notícia: “Estavamos todos juntos e foi uma grande festa quando saiu o nome dele, porque é a sua estreia. Todos ficamos muito felizes, e ele merece a oportunidade”.

Os três estreantes podem somar a sua primeira internacionalização na sexta-feira, na primeira partida de apuramento para o Euro 2020, no Estádio da Luz.

Partilhar