“Hat-trick” de Ronaldo coloca a Juventus nos “quartos” da Champions

A Juventus garantiu, esta terça-feira, a qualificação para os quartos de final da Liga dos Campeões com uma vitória categórica por 3-0, em casa, frente ao Atlético de Madrid. Cristiano Ronaldo foi o herói da equipa italiana, ao apontar um “hat-trick”.

A “Vecchia Signora” precisava de uma exibição de grande nível para dar a volta ao resultado negativo da primeira mão da eliminatória, em casa do Atlético de Madrid, que venceu por 2-0.

Com os portugueses João Cancelo e Cristiano Ronaldo no onze inicial, a Juventus não tardou em fazer o primeiro e colocar um ponto de interrogação no desfecho da eliminatória. Ronaldo, com um cabeceamento certeiro, abriu o marcador aos 27 minutos de jogo.

Logo a abrir a segunda parte, a combinação portuguesa colocou a eliminatória em ponto de igualdade. Cancelo cruzou e Ronaldo voltou a faturar, novamente de cabeça.

Já perto do final da partida, e com o prolongamento à espreita, Bernardeschi foi travado em falta já dentro da área e o árbitro da partida não hesitou em assinalar grande penalidade. Ronaldo, como é habitual da marca dos 11 metros, não vacilou e colocou a Juventus nos quartos de final da Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo faturou o seu oitavo “hat-trick” na Liga dos Campeões, e igualou o número de Lionel Messi, avançado do Barcelona, na liderança dos jogadores com mais “hat-tricks” na história da prova.

O Atlético de Madrid fica assim pelos “oitavos” e perde a oportunidade de chegar à final da liga milionária, que será disputada, esta temporada, no Wanda Metropolitano, casa dos “colchoneros”. Já a Juventus mantém vivo o objetivo declarado de conquistar a “Champions”, e junta-se ao lote de equipas qualificadas para os “quartos”, além do FC Porto, Ajax, Manchester City, Tottenham e Manchester United.

As duas últimas vagas serão disputadas na quarta-feira, entre Liverpool e Bayern de Munique, e Lyon e Barcelona. O sorteio da próxima fase da Liga dos Campeões está marcado para sexta-feira, em Nyon, na Suíça, às 11h00.

Partilhar