Benfica confirma interdição do Estádio da Luz e apresenta providência cautelar

O Benfica confirmou, em comunicado, a interdição do Estádio da Luz por quatro jogos, após castigo aplicado pela Federação Portuguesa de Futebol, e anunciou que vai apresentar uma providência cautelar ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAD).

O recurso apresentado pelas águias terá efeitos suspensivos dos quatros jogos de interdição. Em questão está uma queixa antiga do Sporting, que acusou as águias de dar apoio às claques não legalizadas em sete jogos da época 2016/17. O castigo do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol prevê ainda uma multa de cerca de 28 mil euros.

Em comunicado, o Benfica considera “totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas para tal decisão e estamos convictos de que conseguiremos fazer valer as nossas razões no decurso deste processo”.

O castigo não implica quatro partidas à porta fechada, sem adeptos adeptos nas bancadas, mas sim a proibição de utilização do Estádio da Luz em quatro partidas caseiras, o que obrigaria as águias a utilizar outro estádio emprestado.

Partilhar