Eriksson deixa a seleção das Filipinas ao fim de três meses

A Federação de Futebol das Filipinas (PFF) anunciou, esta sexta-feira, a saída do sueco Sven-Goran Erissken, do comando técnico da seleção principal local, três meses depois de ter assumido o cargo, em agosto.

O secretário geral da PFF, Edwin Gastanes, esclareceu que não se trata de um despedimento, uma vez que o antigo treinador do Benfica, de 70 anos, só foi contratado para a Taça Suzuki 2018 e para a Taça Asiática. “Foi um vínculo de curto prazo, como já tínhamos anunciado”, explicou.

A seleção das Filipinas foi eliminada na fase de grupos da Taça Asiática, que decorre nos Emirados Árabes Unidos. Sob o comando de Eriksson, os filipinos somaram três derrotas em três jogos, contra a Coreia do Sul, treinada por Paulo Bento, o Quirguistão e a China.

A seleção filipina saiu da Taça Asiática, que decorre nos Emirados Árabes Unidos, com três derrotas, frente a Coreia do Sul, treinada por Paulo Bento, Quirguistão e China.

Partilhar