Benfica exige “justiça e verdade” após detenção de alegado “hacker”

O Benfica reagiu à detenção do pirata informático suspeito de roubar emails do clube. Os encarnados pedem que seja feita justiça e que se conheça toda a verdade.

“O Sport Lisboa e Benfica respeita e seguirá atentamente o desenvolvimento do processo. Reitera que dará todo o seu contributo – na medida em que este lhe for solicitado – para que se descubra a verdade”, refere o clube, em comunicado divulgado no site oficial.

O clube liderado por Luís Filipe Vieira diz que “estará, como sempre esteve, à disposição das autoridades e espera que este seja um passo importante para que se chegue à verdade e às motivações que possam ter estado por trás de um crime que tantos danos causou e continua a causar ao Sport Lisboa e Benfica”.

Um pirata informático, suspeito de roubar emails do Benfica, foi detido esta quarta-feira no âmbito da “Operação Cyberduna”, avança a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Identificado há vários meses, Rui Pinto foi capturado na Hungria ao abrigo de um mandado de detenção europeu.

Considerado um “génio da informática”, tem 30 anos e é natural de Vila Nova de Gaia.

“Em causa estão factos suscetíveis de integrarem crimes de extorsão qualificada na forma tentada, acesso ilegítimo, ofensa a pessoa coletiva e violação de segredo”, adianta a Procuradoria-Geral da República (PGR), em comunicado.

Partilhar