O Sporting confirmou esta quarta-feira as buscas realizadas pela Polícia Judiciária e que "dois colaboradores foram constituídos arguidos"

Num comunicado publicado nas redes sociais, o clube escreve que as diligências foram efetuadas "no âmbito de uma investigação que se encontra em segredo de justiça".

A nota termina como Sporting a garantir que "confia na justiça e, como sempre defendeu, prestou e prestará toda a colaboração necessária ao apuramento da verdade".

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.