Maria Sharapova está de volta à competição, após lesão que a afastou dos "courts" durante um mês e meio. A tenista russa vai participar no Open de Estugarda e vai estrar-se, esta terça-feira, num duelo de luxo, com a francesa Caroline Garcia, número sete do "ranking" WTA.

A antiga líder do ténis mundial deu uma entrevista à CNN e falou sobre a suspensão relacionada com o "doping": "Não criei expetativas sobre o meu regresso depois da suspensão. Estou a trabalhar no meu melhor nível, estou a recuperar e isso leva tempo. Uma das grandes coisas que me encanta neste deporto é que, apesar de estar formatado pelo resultado, podemos sentir que estamos no bom caminho mesmo que percas."

Sharapova revelou que a reforma ainda não faz parte dos planos. "Ainda não estabeleci uma saída, mas sempre disse que o vou fazer pelo meu próprio pé. E, quando eu digo isto, refiro-me a objetivos marcados. Quando temos vitórias em Grand Slams, é natural termos esse objetivo em mente. Quero voltar a ter a sensação de um Major," comentou a tenista de 31 anos.

A tenista russa foi quatro vezes campeã do WTA Premier de Estugarda, em terra batida "indoor", e é grande a protagonista de segunda jornada de quadro principal do evento, que conta com quase todas as melhores jogadoras de ténis do mundo.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.