Sam Bird alcançou uma vitória histórica por ocasião da primeira corrida de sempre de Fórmula E disputada nas ruas e avenidas de Roma. Foi a sua 7ª vitória na categoria e o resultado permitiu que ele e a DS Virgin Racing subissem ao 2º lugar no Campeonato de Pilotos e de Equipas.

Com 40 corridas da Fórmula E disputadas até à data com a mesma equipa, o piloto britânico resistiu até o final aos ataques de Lucas di Grassi e beneficiou do abandono de Felix Rosenqvist, o detentor da pole-position, que foi vítima da quebra da suspensão traseira esquerda.

Frente a 30.000 espectadores, Sam Bird foi muito rápido ao longo de todo o dia no Circuito Cittadino dell’EUR. O piloto do DSV-03 n º2 assinou o 2º melhor tempo em ambos os treinos, resultado que lhe permitiu posicionar-se na primeira linha da grelha de partida.

"Honestamente, não pensava estar no degrau mais alto do pódio quando vi o ritmo do Felix [Rosenqvist]”, refere Sam Bird, piloto de 31 anos que, dias antes, havia sido abençoado pelo Papa, num evento especial organizado pela estrutura da Fórmula E. 

“Consegui aproximar-me dele, no final da primeira metade da prova, mas também tinha pilotos muito rápidos no meu encalço. Foi pena o que aconteceu com o Felix, na segunda metade da corrida, mas isso fez-me subir à 1º posição. 

Depois tive apenas que manter a cabeça fria e não cometer erros. A equipa fez um ótimo trabalho hoje e estamos ansiosos por Paris, dentro de duas semanas.”

A próxima prova do Campeonato FIA ABB de Fórmula E 2017/2018 – a 8ª de 12 – irá disputar-se em Paris no dia 28 de abril. 

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.