José Maria Ricciardi vai demitir-se do conselho leonino, para o qual tinha sido eleito em 2017, nas listas de Bruno de Carvalho, e retirar o apoio ao atual presidente do Sporting.

"Hora de retirar o apoio ao presidente do Sporting, Dr. Bruno de Carvalho", disse o banqueiro, ao jornal "Record", frisando que "o clube precisa de regressar a uma normalidade institucional".

As polémicas que, atualmente, surgem em torno do Sporting fazem Ricciardo crer que é altura de, "com a maior urgência", mudar de rumo: "Regressado dos Estados Unidos e perante os acontecimentos mais recentes e a evolução entretanto verificada no Sporting, deixam de estar reunidas as condições para me manter nos órgãos sociais."

O "Record" revela que Ricciardi ponderou muito antes de tomar esta decisão, por ter grande respeito pelo trabalho de Bruno de Carvalho, ao longo dos anos, mas os últimos dias anteciparam a decisão radical.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.