Rafael Nadal está de volta ao topo do planeta do ténis. O tenista espanhol venceu o Masters de Roma, depois de bater Zverev na final, e reassumiu a liderança do "ranking" ATP. Federer, que não vai competir na temporada de terra batida, desceu para a segunda posição.

Alexander Zverev segue no terceiro posto, agora com Marin Cilic na perseguição direta. O croata trocou de lugar com Dimitrov, que caiu para quinto.

João Sousa, que não conseguiu a qualificação para o quadro principal do torneio romano, desceu um lugar, mas segue no "top-50", no 48º posto. O melhor português português continua a ser o único entre os primeiros 100. O número dois nacional, Gastão Elias, congela a posição 107. Pedro Sousa, semi-finalista no Challenger de Lisboa, subiu nove lugares e está agora na posição 120.

Na variante de pares, João Sousa foi derrotado na final do Masters de Roma, ao lado de Pablo Carreño Busta, e subiu duas posições no "ranking" de duplas. O português é agora o número 85 do mundo.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.