A Liga anunciou, esta quinta-feira, que o Paços de Ferreira-Desportivo das Aves vai ser disputado à porta fechada.

O Conselho de Disciplina da FPF puniu o emblema da II Liga com um jogo à porta fechada, decisão que o clube não recorreu.

Assim sendo, a partida de sábado a contar para a Taça da Liga não vai ter qualquer adepto na bancada.

O clube liderado por José Mota, em comunicado, queixou-se da decisão e acredita que se trata de uma "total falta de respeito".

"Esta decisão, comunicada 48 horas antes da realização do jogo, demonstra um total desrespeito pela instituição do CD Aves, respectivos sócios, adeptos e simpatizantes, bem como pela própria competição", pode ler-se.

O Desportivo das Aves admite colocar em causa o futuro das relações com o emblema pacence que optou não recorrer da decisão.

"A direcção do emblema avense irá reunir de imediato para avaliar a manutenção das relações institucionais com o Paços de Ferreira e não deixará de accionar todos os mecanismos que estejam ao seu alcance para defender os interesses do clube e dos seus sócios".

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.