O Sporting oficializou, esta quarta-feira, a contratação de Nani. Operação que marca o regresso do extremo, de 31 anos, ao clube que o formou. Já em 2014/15 tinha voltado, por empréstimo do Manchester United.

Em comunicado à CMVM, os leões revelaram acordo com o Valência para a aquisição dos direitos desportivos de Nani "sem qualquer contraprestação económica imediata". Ou seja, a custo zero. A única contrapartida é que o clube espanhol terá direito a 40% de futura cedência, temporária ou definitiva, dos direitos desportivos e económicos do internacional português, de 31 anos.

Mais se informa que o contrato de trabalho desportivo celebrado com o jogador será válido até 30 de Junho de 2020, não tendo sido fixada qualquer cláusula de rescisão", acrescenta o Sporting, no comunicado.

Nani tinha contrato com Valência até 2019, apesar de não fazer parte dos planos do clube desde a temporada passada. O avançado esteve cedido à Lazio, na última época, e realizou 25 jogos e marcou três golos.

O extremo volta ao Sporting à procura de relançar a carreira. Nani falhou o Mundial 2018, primeira grande competição de que não fez parte desde o Mundial 2010, que falhou por lesão. Nani saiu do Sporting em 2007/08, quando se juntou ao Manchester United por 25,5 milhões de euros.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.