Vahid Halilhodzic já não é selecionador do Japão. O técnico foi despedido do comando técnico da seleção, e substituído por Akita Nishino, responsável técnico da federação nipónica, quando faltam dois meses para o Mundial 2018.

A federação nipónica explica que a opção por Akita Nishino, um treinador experiente na liga japonesa, se deve ao facto de ser uma figura da estrutura e com grande conhecimento do grupo.

«É a pessoa mais adequada para dirigir a equipa, até porque estamos a pouco mais de dois meses do Mundial», disse o presidente da federação em conferência de imprensa.

Kozo Tashima explicou que a saída de Halilhodzic «foi pensada durante muito tempo», mas motivada sobretudo pelos resultados dos recentes encontros particulares.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.