Gonçalo Oliveira foi eliminado na última ronda da qualificação de Roland Garros e falhou o acesso ao quadro principal. O tenista português, 221 do "ranking" mundial, perdeu com Bernard Tomic (208), em dois sets, pelos parciais de 7-6 e 7-5.

O australiano, de 25 anos, já foi o 17º do mundo e era claramente favorito. Gonçalo deu boa réplica, mas falhou o objetivo de, pela primeira vez, estar no quadro principal de um Grand Slam.

João Sousa é o único representante português no torneio francês. O número um nacional defronta o argentino Guido Pella (81), na 1ª ronda do Major.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.