O treinador do Sporting garantiu este sábado que a convocatória será feita como habitualmente e que os atletas não receberam nota de culpa.

Numa rápida conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Paços de Ferreira, o treinador do Sporting garantiu que houve, este sábado, uma reunião com o plantel e que Bruno de Carvalho lhe deu liberdade para escolher os jogadores entendesse.

"Tivemos uma reunião. Tudo o que se passou ali, vai ali ficar. O que é importante foi a liberdade que o presidente me deu para convocar os jogadores que eu quisesse. Vou convocar os jogadores que estão disponíveis em termos físicos", garantiu o treinador, confirmando as ausências de William Carvalho e Bruno César, devido a lesão.

Jorge Jesus salientou ainda que a polémica em nada vai afetar a equipa para o jogo de domingo.

"Tem de se estar ao melhor nível dentro do que tem acontecido. É uma equipa com jogadores com experiência e, portanto, aquilo que nós vamos tentar fazer é garantir que vamos estar ao nível satisfatório para conseguirmos vencer. Temos de ir à procura dos nossos objetivos. É importante que os nossos adeptos apareçam em grande número. O mais importante, neste momento, é o Sporting. Não haver divisões na nossa massa associativa, porque a paixão é só uma: a defesa dos interesses do Sporting. Amanhã gostava de ver o estádio composto.", concluiu.

Quanto ao adversário, o técnico dos leões destacou que espera um "jogo complicado".

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.