Bruno de Carvalho deu a conhecer, esta segunda-feira, que se vai afastar do Facebook.

Em mais um comunicado, que se seguiu ao pedido de demissão por parte do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, Bruno de Carvalho anuncia que se vai afastar do Facebook. 

"Não cedo um milímetro no meu amor a este Clube, à sua defesa, mas para mim terminou de vez esta guerra surda de vos querer manter informados pelo meu único canal de informação próprio, o meu Facebook", escreveu, antes de lançar mais uma critica: "Que este meu afastamento do Facebook seja a vossa felicidade! E eu que sempre julguei que seria o sermos campeões em tudo. Ingénuo!"Em entrevista à "TSF", Jaime Marta Soares apelou à demissão de Bruno de Carvalho. Já depois de ter assumido que iria pedir ele próprio pedir uma nova Assembleia Geral, para discutir a continuidade à frente do clube, Bruno de Carvalho voltou a criticar Jaime Marta Soares. "De repente, o poder caiu na rua e já veio atraiçoar quem sempre o defendeu. E colocou em perigo coisas importantíssimas da SAD", disse.

Também os jogadores foram alvo de um apontamento no comunicado desta segunda-feira. "Os jogadores e treinadores hoje estão aqui e amanhã ali. Não podem nunca, com a conivência de adeptos, ganharem ao seu presidente", disse.

Sobre o afastamento das redes sociais, Bruno de Carvalho diz ainda não querer mais "enxovalhos em prol de quem não merece". " Querem viver na ignorância e sem defesa à altura das necessidades do nosso Clube?", questiona.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.