O Boca Juniors divulgou, esta terça-feira, a lista de convocados para a segunda mão da final da Taça Libertadores, que se vai disputar a 9 de dezembro, domingo, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid.

O treinador Guillermo Barros Schelotto desenhou uma convocatória de 24 jogadores, sem surpresas, para o jogo com o eterno rival, o River Plate. A partida estava inicialmente marcada para 24 de novembro, no entanto, as cenas de violência que se verificaram no dia, quando o autocarro do Boca seguia para o estádio, levaram ao adiamento. A final foi retirada da Argentina e, depois, deslocada para o estádio do Real Madrid.

O River Plate não quer jogar a final em Madrid, exigindo que se realize no seu estádio, o Monumental. Já o Boca quer ser campeão na secretaria.

Vários jogadores do Boca ficaram feridos, a 24 de novembro, por serem sido atingidos por vidros ou devido ao uso de gás lacrimogéneo por parte da polícia, com o capitão Pablo Pérez a ter de ser assistido no hospital, antes de regressar ao estádio, com uma pala a proteger o olho esquerdo.

O jogo da primeira mão desta final inédita, disputado na Bombonera, casa do Boca Juniors, terminou com um empate a duas bolas.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.