Acuña vai rescindir o contrato com o Sporting e a carta, que estará já preparada, deverá chegar em breve à SAD leonina.

A confirmar-se, a rescisão do extremo argentino terá de dar entrada na SAD do Sporting até dia 14, um mês depois dos acontecimentos que sustentam a decisão.
Acuña, de 26 anos, diz temer pela sua segurança e a da sua família, para querer a rescisão unilateral do contrato.

Recorde-se que Acuña foi um dos mais visados no polémico final de jogo do Sporting na Madeira, onde os leões perderam a hipótese de se qualificarem para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Na terçafeira seguinte, o argentino foi um dos principais alvos dos encapuzados que invadiram a Academia.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.