Rui Patrício, atual guarda-redes do Wolverhampton, publicou, esta quinta-feira, nas redes sociais, uma mensagem de despedida aos adeptos do Sporting.
Patrício diz ter mantido o silêncio não pela "ausência de sentimento, mas por respeito ao Sporting Clube de Portugal e adeptos". O atual guarda-redes do Wolverhampton admite ter vivido "muitas situações menos positivas" no clube, mas que sempre quis "honrar a camisola" que vestiu desde os 12 anos.

"Foi o Sporting que me formou e me transformou naquilo que sou hoje, não só enquanto sportinguista, mas também como profissional e ser humano. Foi uma casa que me criou a todos esses níveis", admitiu Rui Patrício.

"Tornou-se insustentável a minha continuidade, por comprometer a minha produtividade profissional perante o meu clube, e por essa razão, não estariam jamais reunuidas as condições para exercer a minha profissão", adicionou.

Patrício termina a mensagem com uma confissão e um pedido: "Não era assim que esperava despedir-me do meu clube nem de vós, mas espero que guardem convosco aquilo que sinto! Sou e sempre serei um Leão!"

O antigo número um do Sporting vai jogar a próxima temporada na Premier League, ao serviço do Wolverhampton.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.