O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol confirmou, esta terça-feira, a presença do Santa Clara no principal escalão do futebol português.

O União da Madeira interpôs um recurso à participação dos açorianos na I Liga, pela utilização indevida de dois jogadores sub-23 em três jogos da II Liga. Num desses jogos, o Santa Clara derrotou o União por 1-0 e relegou os madeirenses para o Campeonato de Portugal.

Ficou provado que a utilização dos jogadores foi, de facto, indevida, mas o CD assim não o entendeu.

Os madeirenses viram o recurso rejeitado pelo CD e confirma-se a sua descida de divisão. O Santa Clara, por seu turno, volta à I Liga, 15 anos depois.

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.