FC Porto espera que Benfica peça castigo para adeptos que incendiaram bancada

Benfica fans set the benchs on fire in the end of the Portuguese First League soccer match with Portimonense held at Portimonense Stadium, Portimão, Portugal, 2nd January 2019. LUIS FORRA/LUSA

O FC Porto espera que o Benfica peça justiça célere e castigo pesado para os adeptos encarnados que, na quarta-feira, pegaram fogo a uma bancada do estádio do Portimonense, após a derrota das águias, por 2-0.


Na “newsletter” “Dragões Diário”, o FC Porto reagiu com ironia, esta quinta-feira, ao acontecimento. “Há uma instituição em Portugal que deu nas vistas nos últimos dias pelos elogios rasgados que dedicou à justiça desportiva italiana (que, recorde-se, não precisou sequer de 24 horas para condenar o Inter de Milão à realização de dois jogos à porta fechada após uma ação violenta dos adeptos). Ontem, um grupo organizado de pacifistas, aparentemente apoiantes de um clube que também já foi condenado à realização de jogos à porta fechada, pegou fogo a uma bancada do estádio do Portimonense”, pode ler-se.


O FC Porto espera que o Benfica siga o exemplo que elogiou: “Aguarda-se para breve a reclamação óbvia, coerente e sonora da instituição adepta da justiça italiana: hão de exigir ação rápida e mão pesada.”


Imediatamente após o apito final na derrota do Benfica no terreno do Portimonense, verificou-se um incêndio nas bancadas do Estádio Municipal de Portimão, num setor onde estavam os adeptos encarnados.


O momento foi relatado pelo repórter da Renascença no estádio, que apontou, ainda, que o incêndio não tomou proporções maiores devido à rápida intervenção dos bombeiros presentes no estádio.

Partilhar